4 de jul de 2017

Automação avança na indústria e no setor de comércio e serviços, aponta estudo

(Fonte: Computerworld - 3 de julho de 2017)

O portal Computerworld publica os resultados de uma pesquisa feita no Brasil sobre automação em geral, abrangendo diversos setores, como industria, logistica, comércio e serviços. Destacamos abaixo o material que trata sobre automação residencial e sobre o consumidor final

Em 2.003 entrevistas em todas as capitais brasileiras com consumidores acima de 18 anos, das classes A, B e C, foi possível identificar o quanto as tecnologias facilitadoras estão presentes na vida das pessoas e sua intenção de intensificar o uso no futuro. O consumidor relaciona a automação diretamente à tecnologia e inovação. Segurança e economia foram outros benefícios apontados. Grande parte da amostra possui celular (97%), sendo que 71% deles são smartphones. 94% dos entrevistados têm acesso à internet por meio do Wi-Fi em suas residências. Em média, os entrevistados possuem 11 categorias diferentes de aplicativos, sejam eles para se comunicar, relacionar, assistir a filmes ou ouvir músicas.

Os entrevistados possuem, em média, seis eletrodomésticos/eletrônicos em suas residências e pelo menos um deles permite o acesso à distância. Isto é, o consumidor consegue programa-los ou monitorá-los remotamente pela internet ou aplicativo. Cerca de 15% dos entrevistados têm pelo menos um item pessoal inteligente (wearables). Os mais citados são relógios com monitoramento cardíaco e de treino. E é no automóvel que o consumidor convive mais com a automação. Sensor de ré, bluetooth, computador de bordo e controles no volante já são considerados itens comuns. Os mais recorrentes são bluetooth, em 41%; sensor de ré, em 38%; e painel digital, em 31% dos carros. 25% dos entrevistados afirmam possuir carro com câmbio automático e controles no volante.

É possível afirmar que a automação está presente na vida do consumidor e ele percebe seus benefícios. 82% dos entrevistados pretendem melhorar a automação da sua vida já nos próximos 12 meses com a aquisição de novos produtos e dispositivos, pois a conexão de smartphones a eletrodomésticos, câmeras (na casa e no condomínio) e no painel digital (no carro) já faz parte do cotidiano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Envie seu comentário