21 de jan de 2017

Casa utilizada como piloto para mostrar automação está a venda por U$ 625 mil

Em agosto de 2015, o site de tecnologia de consumo CNET comprou uma casa na região de Louisville, Kentucky, com o propósito expresso de testar os mais recentes produtos de tecnologia para casa. Agora, essa propriedade, uma casa  dos anos 90, está à venda, mantendo algumas das suas mercadorias conectadas para um morador que se interesse por casas inteligentes.

Desde que assumiu a casa em 2015, a equipe CNET tem recheado a mesma com dezenas de produtos domésticos inteligentes (no valor de 26.450 dólares na verdade), desde de um Amazon Echo e um termostato Nest até um ventilador de teto inteligente Haiku e uma lavadora e secadora inteligente da Whirlpool. Sendo um campo em constante expansão de produtos, faz sentido tentar mostrar o seu potencial de atualização, deixando a casa totalmente equipada. E CNET foi capaz de fazer isso, o que está refletido no vídeo de 360 ​​graus, bem como esta visão geral de tudo o que aprenderam com a experiência.

Como se pode ver a partir do vídeo, produtos domésticos inteligentes foram incorporados em cada ambiente da casa, basicamente. Um controle de acesso inteligente e a iluminação na sala de estar, uma frigideira e um fogão inteligentes na cozinha, um ventilador inteligente e interruptor de luz no quarto, e assim por diante.

É importante notar que a CNET - que está colocando essa casa à venda simplesmente porque está começando em uma casa maior para testar novos produtos que seriam considerados "state of the art" para 2017 - retirou algumas das comodidades como o refrigerador inteligente Samsung Family Hub e as persianas inteligentes.

OBS: o investimento feito em automação citado acima (da ordem de U$ 26 mil) representa então cerca de 4% do valor de venda da casa, uma vez que a CNET está pedindo $ 625.000,

Imagens da casa podem ser vistas neste link

Nenhum comentário: